População sai às ruas de Piancó para pedir reativação de Ala Psiquiátrica

Centenas de manifestantes se reuniram ontem pela manhã nas ruas de Piancó pedindo providências ao Governo do Estado para que haja o credenciamento da Ala Psiquiátrica que atende a mais de 45 municípios referenciados por setores da Saúde a pacientes com distúrbios mentais, dependentes químicos, viciados em álcool, surtos psíquicos e emergência.

A unidade fica nas proximidades do Hospital Regional de Piancó, mas tinha seu funcionamento independente daquela Casa de Saúde. Desde outubro do ano passado, contudo, a ala fechou as portas, gerando a insatisfação de pacientes, médicos, familiares e profissionais de saúde, que fizeram ontem a mobilização no Centro da cidade.

Estima-se que com a suspensão dos serviços, cerca de 300 mil pessoas, entre familiares e pacientes psiquiátricos, ficaram prejudicadas.

A Ala Psiquiátrica atende a mais de 43 municípios e foi desativada porque a prefeitura de Piancó arcava com o investimento no atendimento. Desde o ano passado, o Governo negou o credenciamento à unidade e impediu seu funcionamento legal.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.