População pode ajudar polícia a encontrar suspeito do desaparecimento de Ana Sophia

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A população pode ajudar a Polícia Civil, através da foto divulgada, a encontrar o suspeito do desaparecimento de Ana Sophia, Tiago Fontes Silva da Rocha. Ele é marido de uma professora da menina que sumiu no distrito de Roma, em Bananeiras, no Brejo da Paraíba. A Polícia Civil realizou coletiva de imprensa, nessa sexta-feira (22), e, para os investigadores, não há dúvidas de que a garota Ana Sophia entrou na casa de Tiago Fontes, suspeito de homicídio qualificado contra ela, e que de lá ela não saiu.

Quem souber do paradeiro de Tiago Fontes pode entrar em contato com o disque-denúncia da Polícia Civil pelo número 197 ou informar ao Ciop (Centro Integrado de Operações Policiais) pelo 190. A ligação é gratuita e será mantido sigilo absoluto.

Para a polícia, também se fortalece a cada dia a tese de que a criança está morta e o seu corpo, ocultado. O delegado Pablo Ewerton, do Núcleo de Homicídios de Solânea, informou que foram encontrados na casa do suspeito livros sobre desaparecimento de crianças da idade de Ana Sophia e também sobre ocultação de cadáveres.

Ainda pesa contra Tiago o fato dele ter formatado o celular várias vezes, chegando a esconder o aparelho na casa do sogro. Quando foi ouvido pela polícia, Tiago tentou desqualificar a criança, afirmando que ela era “jogada na rua” e praticava pequenos delitos e furtos no distrito de Roma.

A Justiça acatou, na quinta-feira (21), o pedido de prisão feito pela Polícia Civil contra Tiago Fontes, suspeito de homicídio qualificado contra Ana Sophia.

Saiba mais

Justiça decreta prisão de Tiago Fontes, suspeito de crime contra Ana Sophia

Polícia acha livro sobre ocultação de cadáver na casa de Tiago e acredita que Ana Sophia está morta

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

Anteriores

jucelio

MAIS LIDAS