Polícia prende suspeito de matar estudante de Direito em Lucena

Após seis dias de intensas investigações, a Polícia Civil conseguiu prender, na tarde desta sexta-feira (23), o homem suspeito de ser o autor da morte do estudante universitário Tássio Felipe dos Anjos, de 33 anos. A vítima era estudante do curso de Direito e lutador de Artes Marciais. O jovem foi morto no último sábado (17), no município de Lucena, com uma facada no peito, que atingiu o coração, durante uma briga no trânsito.

O suspeito de praticar o crime tem 31 anos de idade e foi preso por equipes do Núcleo de Repressão a Homicídios da 5ª Delegacia Seccional de Santa Rita. Segundo o delegado Reinaldo Nóbrega, a Justiça atendeu pedido da Polícia e decretou um mandado de prisão contra o suspeito, após as investigações apontarem indícios da participação dele no delito .

“Contra esse indivíduo pesava mandado de prisão temporária, acusado de ser o autor do homicídio. Durante o interrogatório prestado a mim, ele confessou a prática delitiva, mas alegou que agiu em legítima defesa”, afirmou o delegado.

O crime – Tássio era lutador de wrestling e foi morto em uma briga de trânsito em Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa. Ele estava no carro com os pais quando o veículo foi fechado por uma motocicleta. O incidente virou uma confusão e o lutador deu uma mata-leão no motoqueiro. Antes que ele ficasse inconsciente, o pai tentou convencer o atleta a aliviar o golpe. Aproveitando uma brecha, o motoqueiro pegou uma faca e acertou Tássio no tórax.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.