Polícia prende homem que ofereceu televisão em troca de sexo com menina de 13 anos

A Polícia prendeu nesta quinta-feira (27) o homem de 68 anos suspeito de oferecer uma televisão em troca de sexo com uma adolescente de 13 anos, em Santa Rita. O homem deve ser indiciado por estupro por manter contato físico com a garota.

A garota é filha da mulher, de 45 anos, presa ontem no distrito de Cicerolândia, em Santa Rita, suspeita de aliciar sexualmente as filhas de 6, 9 e 13 anos. A denúncia foi encaminhada pelo Conselho Tutelar do município e dava conta da frequência de muitos homens na casa em que a família morava. A delegada Paula Monalisa, que acompanha o caso, disse que a adolescente contou a mãe recebeu a oferta de um aparelho de televisão em troca do ato sexual com a garota, que teria recusado.

“A mãe é uma pessoa muito fria. Ela nega que tenha aliciado as filhas, mas ao mesmo tempo trata o assunto com naturalidade, como se não tivesse arrependimento. Inclusive, as meninas foram levadas para um abrigo temporário e ela não demonstrou sequer tristeza ao vê-las indo embora. A garota mais velha chorou e pediu para ficar com a mãe, mas ela nem se despediu”, contou ao Jornal da Manhã da Jovem Pan João Pessoa.

A mãe, as três filhas e mais um filho adolescente viviam em uma casa muito pobre e insalubre na zona rural de Santa Rita e a renda da casa vinha do recebimento do Bolsa Família, já que a mãe não trabalha e disse ser doente de “hipertensão”.

Exames – Foram realizados exames de conjunção carnal nas três meninas. Na de 9 foram verificados indícios de manipulação, enquanto que a mais velha disse já ter mantido relações sexuais com várias pessoas. “Ela disse que é muito namoradeira e que tem um marido de 17 anos”, contou a delegada. A adolescente seria vítima de abusos desde os 9 anos de idade, quando morava em Mari.

O pai das crianças é separado da mãe e vive com um outro filho ainda em Mari. O Conselho Tutelar ficou de entrar em contato com ele e outros parentes para verificar quem podem cuidar das crianças, já que a mãe deve perder a guarda dos filhos. Enquanto isso, as meninas foram encaminhadas para um abrigo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.