Polícia confirma morte de Tiago Fontes e anuncia buscas no local para tentar encontrar corpo de Ana Sophia

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

É de Tiago Fontes, principal suspeito de ter matado a menina Ana Sophia, o corpo encontrado na semana passada em adiantado estado de decomposição na zona rural de Bananeiras. A confirmação é da Polícia Civil, dada na manhã desta terça-feira (14) durante coletiva sobre o caso.  Tiago tirou a própria vida. “Hoje podemos dizer que Tiago Fontes realmente assassinou Ana Sophia. Não estamos trabalhando com achismo. Estamos trabalhando com certeza. E é com essa responsabilidade que hoje podemos afirmar que foi Tiago que assassinou Ana Sophia”, disse o delegado Aldrovilli Grisi.

O corpo de Tiago foi encontrada na quinta-feira (9) em adiantado estado de decomposição em uma área de mata fechada, no sítio Camará, entre Bananeiras e Solânea. O corpo foi encontrado por dois agricultores.

O delegado disse que não foi uma investigação fácil. E elogiou o trabalho feito pelas forças de segurança para elucidar o caso.

Segundo ele, alguns detalhes estão enterrados com Tiago.

De acordo com o delegado Aldrovilli Grisi, Tiago esteve a beira de confessar o crime. “Ele falou pra mim que tinha acabado com sua vida e que não tinha um corpo”.

Buscas para encontrar corpo de Ana Sophia continuam

A Polícia vai fazer buscas na região onde o corpo de Tiago foi localizado para saber se ele também ocultou no local o corpo da menina.

A Polícia não tem dúvidas de que Tiago é o autor do assassinato de Ana Sophia, 8 anos, que desapareceu no dia 4 de julho depois de ter saído de sua residência para brincar na casa de uma amiga.

Como a família da criança estava de saída para outro município, Ana deixou o local e imagens de circuito de segurança mostram quando ela foi sozinha até a casa de Tiago, onde ele estava junto com as filhas, uma adolescente de 14 anos e uma bebê de 2 anos. De lá Ana Sophia não saiu mais. Tiago era casado com uma ex-professora da garota.

Laudo que analisou as impressões digitais do corpo e o exame papiloscópico confirmaram a identidade de Tiago.

Desde setembro, a Polícia Civil da Paraíba não tinha dúvidas de que Tiago havia sido responsável pelo desaparecimento de Ana Sophia. A prisão preventiva dele foi pedida, mas ele desapareceu antes de ser preso.

Coletiva

Participaram da coletiva representantes da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, que deram detalhes da investigação para elucidar o desaparecimento e assassinato de Ana Sophia.

Segundo a polícia, Tiago atuou insistentemente para ocultar provas e assumiu uma postura de vítima. “Mas, eu afirmo que só tem uma vítima. Ana Sophia”, disse o delegado Aldrovilli Grisi.

 

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

Anteriores

jucelio

MAIS LIDAS