Polícia apreende adolescentes que planejavam assaltos com arma de brinquedo

Três adolescentes que estavam com um simulacro de arma de fogo foram abordados e detidos, na noite dessa segunda-feira (19), durante a realização da operação Cidade Segura, desencadeada pelos policiais do 2º Batalhão, no bairro da Prata, em Campina Grande. Os jovens, que têm 17, 16 e 15 anos, e disseram que pretendiam realizar assaltos no bairro.

Eles foram levados para a Distrito Integrado de Segurança Pública (DISP). Ainda na operação Cidade Segura dessa segunda-feira, a PM recuperou o carro de uma mulher, no início da tarde, no bairro Universitário. O veículo tinha sido roubado no bairro da Prata, no fim da manhã, e através do sinal de GPS do celular da vítima, os policiais do 2º Batalhão encontraram o automóvel, no cruzamento das ruas Antônio Trovão de Melo e Oscar Guedes Moura. O suspeito do crime segue sendo procurado, já que ele abandonou o carro e fugiu ao perceber que a PM estava cercando o local para abordá-lo.

O comandante do 2º Batalhão, tenente-coronel Lucas, destacou que a operação Cidade Segura, além de reforçar as ações na cidade, vem alcançando resultados consideráveis de redução da criminalidade. “Alcançamos a redução de 56% em relação ao roubo a pessoas, com quase 70 casos a menos no primeiro bimestre deste ano, quando comparado ao mesmo período do ano passado, 26% de redução dos assaltos a ônibus e de 15% de queda nos roubos de motos. Nossas ações continuam para fazer baixar também os índices de roubos de carros, temos focado nisso, e sem dúvidas a operação Cidade Segura tem sido uma aliada forte no combate à criminalidade em Campina Grande. Iremos continuar realizando as ações de forma intensa”, disse, ao destacar que em fevereiro os crimes contra a vida tiveram uma queda de mais de 50% na área do 2º Batalhão.

Comentários