PMJP cria Comissão Municipal da Verdade em evento dos 50 anos do golpe

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) instala nesta sexta-feira (28) a Comissão Municipal da Verdade. A solenidade acontece a partir das 10h no Paço Municipal, na Praça Pedro Américo e contará com a presença do prefeito da Capital, Luciano Cartaxo. A instalação da Comissão da Verdade faz parte da programação referente aos 50 anos do golpe militar de 1964, que ainda conta com um debate, cujo tema será 50 anos de resistência e repúdio ao golpe militar, a partir das 15h, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Centro da Capital.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, instituiu a Comissão da Verdade por meio de Lei Ordinária no ano passado. De acordo com o texto da Lei, a Comissão Municipal nasce com o objetivo de acompanhar e subsidiar a Comissão Nacional e Estadual da Verdade nos casos de violação dos direitos humanos.

A Comissão Municipal da Verdade terá prazo de funcionamento de dois anos, contados a partir desta sexta-feira. Ao final deste prazo, os membros da comissão deverão apresentar um relatório circunstanciado, contendo as atividades realizadas, as conclusões e recomendações.

Membros – A Comissão será composta por cinco membros designados pelo município de João Pessoa, entre cidadãos idôneos e de conduta ética. Também é requisito necessário para fazer parte da comissão que os membros sejam identificados com a defesa da democracia e da institucionalidade constitucional.

Os escolhidos para compor a Comissão são: Zezé Bechade – Jornalista, Mestra em Direitos Humanos, Diretora da Tv Cidade de João Pessoa; Nazaré Zenaide – Psicóloga, Mestra em Serviço Social, doutorado em Educação e vice-coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos da UFPB; Rodrigo Freire Historiador, Mestre em Ciência Política, doutor em Ciências Sociais e vice-diretor do CCHLA/UFPB; Monique Cittadino – Historiadora, Mestre em Ciências Sociais, doutora em História Econômica e chefe do Departamento de História/UFPB; Marlene Almeida – Economista, artista plástica, membro do Comitê Estadual pela Verdade, Memória e Justiça e da Associação Cultural José Marti.

Evento – “50 Anos de Resistência e Repúdio ao Golpe Militar de 1964” é o tema de uma série de atividades que serão realizadas ao longo dos meses de março e abril em João Pessoa. O evento tem o objetivo de discutir os anos de terror da ditadura no Brasil. A PMJP é uma das entidades apoiadoras dos eventos.

As atividades tiveram início no dia 11 de março, com a audiência pública “Mulheres na Resistência” realizada no auditório da OAB, e segue até o início de abril.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.