PM prende foragido após descobrir arsenal de armas em casa onde criança foi baleada em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um foragido da Justiça após descobrir um arsenal de armas em uma casa, no bairro de Tibiri, em Santa Rita, nesse sábado (8). A descoberta ocorreu após uma menina de oito anos ser baleda pelo irmão acidentalmente dentro dessa residência.

Enquanto uma equipe deslocava-se até o hospital para verificar o estado da criança, uma outra dirigiu-se até a residência onde o fato teria ocorrido, localizando sobre uma cama a arma de onde supostamente teria saído o disparo que atingiu a vítima.

Na casa encontrava-se uma segunda criança, o irmão da vítima, e uma senhora que se apresentou como tia, mas que comportou-se de forma pouco colaborativa e com atitude suspeita na presença dos policiais. Diante dos fatos, foi realizada uma varredura no local, com o apoio da Companhia de Policiamento com Cães (CPCães) do Batalhão de Operações Especiais, o que culminou na localização de dois coletes balísticos e três armas de fogo, sendo um revólver calibre 357, uma pistola 9 milímetros e uma pistola calibre 40. Também foram encontrados sete carregadores e 635 munições de calibres diversos, dentre elas 407 unidades de fuzil 556. No local ainda foram encontrados quatro quilos e meio de substância análoga a maconha e um alicate corta frio.

Todo o material foi levado à Central de Flagrantes, sendo conduzidos também os pais das crianças e a tia. Todos foram apresentados ao bacharel de plantão para maiores esclarecimentos, e no local foi dito que todo o material pertencia ao companheiro da tia, que apresentou-se voluntariamente na Delegacia e assumiu a propriedade de tudo. Contra o rapaz, que tem 25 anos, foi constatado que já havia um mandado de prisão em aberto, expedido pela Vara de Execução Penal de João Pessoa, pelos crimes de roubo e porte ilegal de armas de fogo.

A criança alvejada foi socorrida e encontra-se fora de risco. O Conselho Tutelar foi acionado e tomará providências quanto aos cuidados e procedimentos relativos às duas crianças.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.