Plano de Ações Integradas é repercutido na Câmara

O Plano de Ações Integradas (PAI) anunciado ontem pelo prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB), foi um dos temas tratados pelos vereadores na sessão ordinária de hoje, na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). O assunto foi levado à tribuna da Casa pelo líder da bancada governista, vereador Tavinho Santos (PTB).

Ressaltando que o PAI prevê a aplicação de R$ 305 milhões em obras de infra-estrutura em praticamente todos os bairros da Capital e de ações voltadas às áreas da educação, lazer, saúde, saneamento, habitação, transporte, geração de emprego e renda, entre outras, Tavinho destacou alguns itens, como a reurbanização (calçamento) de mais 113 ruas da cidade, utilizando R$ 20 milhões de recursos próprios, incluindo o recapeamento asfáltico da orla, construção de ciclovias e recuperação de calçadas públicas, principalmente do Centro da cidade.

Outros pontos destacados por Tavinho foram a construção do Viaduto de Tambauzinho; da passarela sobre a BR-230, em frente ao Centro Administrativo Municipal (CAM); e da passarela no Bairro João Agripino, em frente à Faculdade Ásper. “O trânsito da cidade está tendo todo a atenção por parte da administração pública e as passarelas vais garantir a integridade física de milhares de pessoenses”, analisou o vereador.

A construção de novas creches; a instalação do Museu de Ciências na Estação Cabo Branco; e a construção de três novos mercados públicos, nos Bairros do Costa e Silva, Jardim Veneza e Cidade Verde (Mangabeira), também foram destacados por Tavinho Santos, que teve seu discurso apoiado por vários outros parlamentares.

O vereador Fernando Milanez (PMDB), por exemplo, disse que quem ganha é a cidade e a Câmara não poderia deixar de parabenizar o prefeito pelo pacote de obras. “É uma mostra que a cidade está mudando”. Já o vereador Sérgio da Sac (PRP) lembrou que o centro poliesportivo anunciado no PAI para o Bairro do Valentina Figueiredo é uma reivindicação que partiu do seu mandato. Mesmo assim, Sérgio ressaltou: “Mas o que os moradores do Valentina mais querem são ruas calçadas”.

O vereador Pastor Edmílson (PRB) ressaltou a situação das áreas das praias do Bessa, da Penha e do Seixas, onde existem projetos de intervenção por parte da prefeitura mas onde também há áreas invadidas. “E não tem como a prefeitura intervir por enquanto”.

“É invejável para qualquer homem público ver a quantidade de obras anunciadas pelo prefeito Ricardo Coutinho”, observou Zezinho Botafogo (PSB), acrescentando: “Ainda tem gente que torce para que a administração do PSB não dê certo na cidade”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.