PF e PM se desentendem após denuncia de crime eleitoral em CG

Após uma denúncia de crime eleitoral na cidade de Campina Grande, contra a Coligação Uma Nova Paraíba, que estaria distribuindo dinheiro e cestas básicas em troca de voto em uma residência localizada na rua Major Belmiro, no bairro de São José, um delegado da Polícia Federal e um oficial da Polícia Militar se desentenderam, causando um grande tumulto no local.

De acordo com informações, o tumulto começou quando policiais militares quiseram averiguar o material aprendido e a PF não permitiu. O clima esquentou, com um agente da PF sacando sua arma, o que fez com que um Major da PM reagisse e também puxasse seu revólver.

Informações dão conta de que os envolvidos estão prestando depoimento aos delegados Marcelo Nascimento Bessa e Ricardo Marcelo, na sede da Polícia Federal no município. A Polícia Federal em Campina Grande informou que apenas os delegados podem dar detalhes sobre a denúncia de crime eleitoral e a confusão gerada pelos policiais.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.