PF busca 9 suspeitos de roubo à Caixa de Campina Grande

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 16, uma operação policial para desarticular quadrilha responsável pelo roubo praticado contra a agência da Caixa Econômica Federal instalada na Universidade Federal de Campina Grande, no dia 29 de janeiro deste ano.

Aproximadamente 30 policiais federais foram mobilizados para dar cumprimento a 12 mandados expedidos pela 4ª Vara Federal de Campina Grande, sendo nove mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão.

Os suspeitos serão conduzidos à sede da Delegacia de Polícia Federal em Campina Grande, onde serão interrogados.

Após, serão submetidos a exames de corpo de delito e recolhidos no sistema penitenciário estadual.

Todos foram indiciados pela prática dos crimes de roubo qualificado e associação criminosa, com penas que, somadas, podem superar 20 anos de reclusão.

O nome da operação faz alusão ao roubo que ocorreu na agência da Caixa Econômica Federal instalada no Campus da Universidade Federal de Campina Grande, no dia 29 de janeiro de 2018.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.