PB teve 3 mil mortes no trânsito, em dois anos, e Detran faz ato em memória de vítimas

O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito é sempre celebrado no terceiro domingo do mês de novembro e será, então, lembrado neste domingo (18). Com isso, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) fará um evento com palestras e depoimentos, na quarta-feira (21), às 9h, no auditório do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

As palestras e depoimentos envolverão a temática de acidentes e mortes nas vias e rodovias do estado. De acordo com a programação elaborada pela Escola Pública de Trânsito (EPTran), em parceria com a Divisão de Educação de Trânsito (DET), após a abertura será proferida palestra do diretor do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros, que irá expor sobre “Monitoramento dos acidentes de trânsito com vítimas no Estado da Paraíba”. Em seguida, a cadeirante Carolina Vieira dará um depoimento sobre o acidente do qual foi vítima.

A segunda palestra será proferida pelo diretor de Engenharia do Detran-PB, Zeca de Sousa, que abordará “A educação e a fiscalização como condicionantes nas melhorias de trânsito e na redução do número de acidentes”.

Segundo a chefe da EPTran, Poliana Figueiredo, o evento serve para alertar a população quanto ao crescente número de mortes no trânsito, através das palestras e exibição de vídeo educativo que abordarão os fatores mais comuns relacionados às causas dos acidentes, a exemplo de imperícia e negligência.

Já para a chefe da DET, Ana Paula Buzetto, além de lembrar essas vítimas, o evento tem por objetivo sensibilizar os condutores sobre os riscos da imprudência ao volante.

De acordo com dados do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas, que envolvem desde a desatenção até o desrespeito à legislação por parte dos condutores. Segundo o ONSV, os exemplos mais comuns são excesso de velocidade, uso do celular ao volante, consumo de bebidas alcoólicas antes de dirigir ou até mesmo o cansaço.

Somente na Paraíba, no período entre 2014 e 2016, foram mais de 3.000 óbitos por acidentes de trânsito. Em 2017, mais de 6.600 motociclistas se acidentaram e quase 900 pedestres foram atropelados, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde.

Segue, abaixo, a programação completa do evento da próxima quarta-feira (21):

9h – Credenciamento

9h30 – Abertura com execução do Hino Nacional

9h35 – Exibição de vídeo oficial

9h40 – Composição da Mesa

10h – Palestra 1 – Geraldo Antônio de Medeiros – HEET/CG (Monitoramento dos acidentes de trânsito com vítimas no Estado da Paraíba)

10h30 – Depoimento de Carolina Vieira (vítima de acidente de trânsito)

11h – Palestra 2 – Zeca de Sousa – DETRAN/PB (A educação e a fiscalização como condicionantes nas melhorias de trânsito e na redução do número de acidentes)

11h30 – Encerramento

 

 

 

Foto: Câmera Semob-JP/Arquivo

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.