ParlamentoPB homenageia paraibanas de destaque no Dia da Mulher

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, 8 de março, o ParlamentoPB realizou um vídeo no qual destaca algumas paraibanas de destaque em suas respectivas áreas, seja na política, judiciário, artes, comunicação, etc.

A ideia foi ressaltar a força e o talento de várias mulheres como forma de transmitir a todas, da mais célebre à anônima, o sentimento de sororidade (união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo) necessário em todos os dias do ano e não apenas em uma data específica.

A concepção da peça foi da editora do ParlamentoPB, jornalista Cláudia Carvalho, com realização de Dichell Braz.

Também nesta quinta-feira, pela passagem do Dia da Mulher, o ParlamentoTV disponibiliza as entrevistas de duas mulheres protagonistas na política: Ivonete Ludgério (PSD), presidente da Câmara de Campina Grande e Márcia Lucena (PSB), prefeita do Conde. Ambas integram a série com lideranças políticas do Estado que começou a ser veiculada no último dia 5, quando foi lançado o novo layout do site.

História – A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu no final do século XIX e início do século XX nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, e pelo direito de voto. Em 26 de agosto de 1910, durante a Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em Copenhaga, a líder socialista alemã Clara Zetkin propôs a instituição de uma celebração anual das lutas pelos direitos das mulheres trabalhadoras.

As celebrações do Dia Internacional da Mulher ocorreram a partir de 1909 em diferentes dias de fevereiro e março, a depender do país. A primeira celebração deu-se a 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, seguida de manifestações e marchas em outros países europeus nos anos seguintes, usualmente durante a semana de comemorações da Comuna de Paris, no final de março. As manifestações uniam o movimento socialista, que lutava por igualdade de direitos econômicos, sociais e trabalhistas, ao movimento sufragista, que lutava por igualdade de direitos políticos.

No início de 1917, na Rússia, ocorreram manifestações de trabalhadoras por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Os protestos foram brutalmente reprimidos, precipitando o início da Revolução de 1917. A data da principal manifestação, 8 de março de 1917 (23 de fevereiro pelo calendário juliano), foi instituída como Dia Internacional da Mulher pelo movimento internacional socialista.

Na década de 1970, o ano de 1975 foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e o dia 8 de março foi adotado como o Dia Internacional da Mulher pelas Nações Unidas, tendo como objetivo lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres, independente de divisões nacionais, étnicas, linguísticas, culturais, econômicas ou políticas.

 

 

Da Redação com Wikipédia

Comentários