Oposições pedem fiscalização do TRE temendo “armação” do Governo

O coordenador da pré-campanha do PSB ao Governo do Estado, o jornalista Nonato Bandeira, disse que os partidos que promovem o III Encontro das Oposições, neste sábado, 15, na cidade de Sousa, estão entrando, na tarde de hoje com um pedido de fiscalização do evento, junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O objetivo, segundo Bandeira, é mostrar que as regras eleitorais serão obedecidas, ao mesmo tempo em que foram informados de que o Governo do Estado estaria infiltrando pessoas de seu staff para plantar provas que possam incriminar os líderes oposicionistas.
 
"Desde o evento em Campina Grande que desconfiamos da armação do Governo, que desde que Ricardo anunciou sua disposição de concorrer ao Governo vem apelando pra baixaria política, com mentiras, fatos plantados, calúnias e todo tipo de molecagem para tentar desestabilizar nossa caminhada e, neste caso específico, tentar jogar a justiça eleitoral contra as oposições paraibanas", afirmou o jornalista.
 
Argumentando que o encontro das forças oposicionistas nada mais é que uma reunião em ambiente fechado de militantes e partidos, em plena democracia, Nonato Bandeira disse que vários eventos deste porte serão realizados no Estado. "Isso para desespero dos poderosos do Palácio que não querem impedir o livre exercício democrático, pois só conseguem juntar gente usando a força da máquina pública, assim mesmo, coagindo lideranças políticas que dependem das verbas públicas para obter recursos aos seus municípios", declarou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.