Oposição se retira do plenário após aprovação de projeto na Câmara

Diovanne Filho

Durante a votação de vários documentos hoje na Câmara Municipal, a aprovação do projeto de Lei de número 827/2011 de autoria do executivo municipal que cria o Sistema Municipal Áreas Protegidas de João Pessoa (SMAP) causou tumulto no plenário. Indignado por não ter participado da votação, o vereador Tavinho Santos (PTB) se retirou do plenário acompanhado de Eliza Virginia (PSDB), Mangueira (PMDB) e Fernando Milanez (PMDB).

Segundo os parlamentares, não houve reunião prévia que daria um parecer favorável da Comissão de Meio Ambiente presidida por Sérgio da Sac (PRP), como pede o regimento da Casa. "Eu me retiro deste plenário por que me recuso a continuar participando desta votação. Como vocês aprovam um projeto sem o parecer da comissão?", questionou Tavinho.

Os parlamentares se dirigiram ao gabinete de Milanez se recusando a participar do restante das votações. Mas a Comissão de Meio Ambiente assegurou que a reunião aconteceu ontem, informação rebatida por Eliza Virgínia. "As reuniões das comissões acontecem sempre nas segundas e sextas, como houve esta reunião ontem e ninguém ficou sabendo?", questionou.

Mesmo com toda a confusão, o projeto foi aprovado durante a sessão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.