Operação da PF cumpre mandados contra acusados de tráfico em Campina Grande

A Polícia Federal, através da Delegacia de Campina Grande, deflagrou na manhã desta quarta-feira, 8, a Operação Aratanha II na Rainha da Borborema. O objetivo é dar cumprimento a 16 mandados de busca e apreensão e nove mandados de prisão preventiva, expedidos pela Vara de Entorpecentes de Campina Grande.

A operação teve o importante apoio da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar da Paraíba, bem como contou com a participação de equipes do Grupamento de Ações Táticas Especiais (GATE) no cumprimento dos mandados.

As ordens judiciais estão sendo cumpridas na Paraíba (Campina Grande) e Pernambuco (Vitória de Santo Antão).

A ação policial conta com 90 policiais federais e 16 policiais militares.

A investigação visa desarticular organização criminosa que comandaria o tráfico de drogas de toda a zona oeste da cidade de Campina Grande, e que para ocultar a origem ilícita do dinheiro do tráfico, praticava também delito de lavagem de dinheiro.

De acordo com os investigadores, a organização era comandada por um assaltante de banco e traficante, preso em abril de 2020.

Será concedida entrevista coletiva na Delegacia da PF em Campina Grande às 11h30.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.