Ônibus circulam em JP e Campina Grande e protestos dos caminhoneiros continuam

O protesto dos caminhoneiros continuam neste domingo (27), mesmo após assinatura de acordo com o Governo Federal, por parte da categoria, na quinta-feira (24). As alterações na operação dos ônibus pelo estado, no funcionamento de serviços, comércio e de empresas e em outras situações também continuaram.

Não há informações da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana da Capital (Semob-JP) sobre bloqueios de vias em João Pessoa.

Em Campina Grande, os ônibus circulam, neste domingo, segundo o prefeito Romero Rodrigues. O anúncio foi feito no final da tarde de ontem, depois de um comunicado, emitido antes, alertando que não haveria transporte coletivo operando hoje, por falta de combustível. Contudo, a prefeitura disse ter conseguido colocar 43 veículos para operar nas linhas. Normalmente, segundo a prefeitura, são 59 ônibus circulando aos domingos. “Foi o possível diante da crise”, informa a gestão. O Partage será atendido pelas linhas 245 e 092.

Veja como fica a operação de ônibus hoje em Campina Grande

404 (2 ônibus)

444 (2 ônibus)

909 (3 ônibus)

077 (1 ônibus)

955 (1 ônibus)

111 (2 ônibus)

245 (3 ônibus)

263A (1 ônibus)

263B. (1 ônibus)

303 (2 ônibus)

333 (2 ônibus)

944 (2 ônibus)

220 (1 ônibus)

022 (1 ônibus)

101 (2 ônibus)

066. (1 ônibus)

660 (1 ônibus)

020. (1 ônibus)

090AB (3 ônibus)

505 (1 ônibus)

555 (1 ônibus)

770. (1 ônibus)

092 (4 ônibus)

922 (2 ônibus)

Genipapo (1 ônibus)

São José da mata (1 ônibus)

Acompanhe as interdições nas rodovias pela Paraíba

O Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF-PB) informou que, hoje, os pontos de interdições no estado são os mesmos de ontem, com algumas liberações já acontecendo.

Cabedelo – BR-230 km 3 e 6

Santa Rita – BR-101 km 80

João Pessoa – BR-101 km 89

Bayeux – BR-230 km 35

Riachão do Bacamarte – BR-230 km 123

Campina Grande – BR-230 km 143, 153 e 165

Soledade – BR-230 km 213

Patos – BR-230 km 331

Marizópolis – BR-230 km 478

Boa Vista – BR-412 km 22 e 18

Sumé – BR-412 km 103

Monteiro – BR-412 km 145

Na sexta-feira (25), o presidente Michel Temer (MDB-SP) endureceu o tom e ordenou a liberação das estradas, sob pena de retirada com uso das forças federais e das Polícias Militares dos estados. O Governo Federal disse, em comunicado oficial, que a maioria dos caminhoneiros estava de acordo com o acordo assinado na noite da quinta-feira e que uma minoria radical estava prejudicando o funcionamento de serviços, como os das unidades de saúde.

Ônibus circulam em JP e Campina Grande e protestos dos caminhoneiros continuam

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.