No Ceará, prefeito demite secretário de Cultura após evento com atores seminus

O titular da Secretaria de Cultura do município cearense de Eusébio, Léo Abreu, foi exonerado neste domingo, 19, do cargo após ter apoiado realização de evento que abordava homossexualidade e, segundo moradores do Município, fazia “apologia ao sexo”. O prefeito Acilon Gonçalves anunciou a exoneração do secretário após manifestações populares.

A 20ª Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo teve início do último domingo, 12, e o encerramento foi neste domingo, 19. O evento trazia oficinas, espetáculos e mesas redondas. Algumas tendas foram montadas na Praça Polar do Eusébio e em uma cidade cenográfica. Em manifestações na internet, vídeos e imagens de apresentações denunciam cenas que seriam de “simulação sexual”, feitas por artistas do mesmo sexo.

O prefeito da Cidade usou sua conta no Instagram para se manifestar sobre o ocorrido. Acilon Gonçalves alegou que as performances realizadas “feriam a ética e os princípios religiosos”, e que não compactuava com “essa conduta”. Acilon também informou que teria mais controle sobre a Secretaria de Cultura da Cidade, defendendo, entre outros, “a moral e a família”.

A publicação recebeu o apoio de vários moradores e também registrou críticas contra decisão do prefeito. Alguns seguidores chegaram a utilizar termos como “fascista” para classificá-lo, outros ainda trataram o ato como censura.

O ator, diretor teatral e jornalista Ari Areia considerou que a demissão do secretário é uma sinalização perigosa de inclinação à censura. O político que foi candidato a vereador pelo Psol ainda informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que tomará medidas cabíveis em instâncias superiores para combater o “controle autoritário” em ações culturais.

Em nota enviada ao O POVO, o prefeito informou que os espetáculos feriram a ética e atacaram a família, e ressaltou a importância da Secretaria da Cultura do município em ter o domínio pleno da programação do evento.

“Assumirei de agora em diante o controle total e irrestrito de todos os eventos de qualquer secretaria que envolva a presença de público, como também qualquer utilização de equipamento para fins públicos ou privados”, informou.

O titular declarou repúdio aos envolvidos na convenção e afirmou que irá buscar investigar sobre o evento, chamado de “deturpação grave” pelo prefeito, para que novas medidas sejam tomadas sobre o caso.

 

 

 

O Povo Online

1 comentário

  • Amilton Ladislau
    20:08

    De parabéns o Prefeito dessa cidade Cearense, tudo que leva o nome de arte e cultura, é agora tomado por putaria, sacanagem e apologias a sexo e drogas o povo brasileiro já estar de saco cheios com esses vagabundos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.