Nadja declara ter autoridade para defender recomposição de PSB e PMDB

Alegando que a composição do PSB com os tucanos e democratas da Paraíba seria "antinatural", a deputada estadual Nadja Palitot defendeu hoje a manutenção da aliança entre Ricardo Coutinho (PSB) e José Maranhão (PMDB). A parlamentar, que deixou a sigla socialista depois de muitas divergências e críticas ao prefeito da capital, declarou que lhe sobra autoridade política para fazer este apelo:

Eu acredito que o mais importante quando se faz política com espírito público é ver a questão maior, de um projeto maior para a Paraíba, de um arco de alianças que não pode ser desconstruído. É antinatural ver o PSB se distanciar disso e compor com o PSDB e DEM, foge do padrão do socialismo", justificou Nadja. Apesar disso, Nadja evitou dizer se subiria no palanque de Ricardo Coutinho: "Eu estaria no palanque do arco de alianças do PMDB, do PSB, do PT, do PCdoB, possivelmente".

O Parlamentopb quis saber se os motivos pelos quais Nadja Palitot se mantém como adversária política de Ricardo Coutinho – como a intransigência e a falta de diálogo – não iriam prejudicar a imagem de seu aliado, José Maranhão: "Não, absolutamente. O que defendo é que uma aliança de vários partidos que compõem uma frente não seja desconstruída. Uma peça importante nisso é o PSB, que eu ajudei a construir muito mais que qualquer outro, porque passei 16 anos no partido. Acho que me sobra autoridade política para fazer esse apelo", disse.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.