Nabor repudia corte das verbas das Universidades e IFs da Paraíba

Após o anúncio do Ministério da Educação (MEC) de um corte de 30% no repasse às universidades e institutos federais, o deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), na manhã dessa terça-feira (07), ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para repudiar a atitude do governo federal.

O parlamentar afirmou que não se pode falar em cultura e desenvolvimento e esquecer que as universidades federais são importantes para a valorização e formação do caráter da sociedade. “Esse corte de 90 milhões, já bloqueados, preocupa a todos nós e isso não pode acontecer”, enfatizou Nabor.

Nabor Wanderley lembrou que quando prefeito de Patos participou ativamente da construção do pólo do IFPB no município e, ao presenciar a manifestação dos alunos, ficou ainda mais triste e preocupado. “Quando fala do IFPB de Patos, para mim é uma referência. Porque quando prefeito, participei ativamente da implantação do IF de Patos, quando a prefeitura doou o terreno, quando a prefeitura fez todo o projeto arquitetônico, viabilizou, e eu, como prefeito, participei ativamente desse processo. Ficamos tristes e preocupados com esse corte dos recursos”, discursou o deputado.

O deputado questionou o motivo de cortar o dinheiro da universidade pública, principalmente, em um país onde toda a ciência, a inovação tecnológica, as grandes inovações, inclusive, as gerenciais passam pelas pesquisas das universidades federais. “As universidades federais investem em pesquisa, e ao cortar o dinheiro das universidades você corta a extensão, corta a pesquisa e acaba com a competitividade do nosso país. Deixo nosso registro e nosso repúdio a essa medida tomada pelo governo federal de cortar de onde não deveria”, finalizou o parlamentar.

Nabor repudia corte das verbas das Universidades e IFs da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.