Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Mulher toma partido, sim! É Direito e é Dever!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Muito oportuna e bem esclarecedora a campanha que a TV Cabo Branco está realizando com o chamamento de que a mulher deve tomar partido.

O título dessa campanha é exatamente “Mulher toma partido, sim!”, mostrando e principalmente procurando incutir a responsabilidade que cada um(a) brasileiro(a) tem para a mudança deste atual destoante quadro político nacional relativamente à desigualdade de gênero que, por exemplo, em sua mais alta Casa Legislativa a ocupação de Cadeiras, pelas mulheres, é menor que 17%, bem distante dos 52,6% a que correspondem no eleitorado brasileiro.

Observe-se os detalhes deste exemplo no Congresso Nacional: das 513 Cadeiras existentes na Câmara dos Deputados, apenas 77 são ocupadas por mulheres; e das 81 Cadeiras do Senado, só 14 estão preenchidas por mulheres. Mais detalhando: das 594 Cadeiras do Congresso Nacional, tão só 91 estão ocupadas por mulheres, enquanto 436 encontram-se preenchidas por homens!

Esta desigualdade é culpa de quem?!… Culpa maior das próprias mulheres porquanto detém 52,6% da força eleitoral e é por isto que há um significativo número das próprias mulheres a dizer que “o maior machismo cultural está dentro delas mesmas”!

Entretanto, estas ponderações não tiram dos homens igual responsabilidade no envolvimento para esta mudança no sentido de que, como outro exemplo, a Assembleia Legislativa do Estado também saia desse ínfimo percentual de tão só 16,6% de deputadas estaduais. Quer dizer: de seus 36 membros, apenas 6 são mulheres! E desse outro pior exemplo, que está na Câmara Municipal  de João Pessoa, em que, nesta data, conta só com 11% de Vereadoras, ou seja, de um quadro de 27 membros, 3 são mulheres e 24 homens!

Este aspecto cultural relativamente à (des)igualdade de gênero já tivemos oportunidade de aqui mesmo nos reportar. Dissemos o quanto é importante o envolvimento dos homens “ditos” mais cultos  empenharem-se para que se alcance tais mudanças inclusive nas reverenciadas Academias, especialmente nas mais renomadas como a ABL que só conta com 5 mulheres em seu quadro de 40 “imortais”, e a APL (Academia Paraibana de Letras) em que também em suas 40 Cadeiras, só 6 estão ocupadas por mulheres.

Para ficar claro que estamos procurando “fazer nossa parte”, precisamos dizer que no âmbito da APCA (Academia Paraibana de Ciência  da Administração), que integramos vamos apresentar proposição no sentido de que as próximas Cadeiras a serem preenchidas o sejam só por mulheres, isto para que possamos dar exemplo de propugnadores da igualdade de gênero e portanto fazendo o segmento feminino aumentar, nesta Academia, os seus atuais 29% na ocupação das Cadeiras. (Atualmente, na APCA, há 22 acadêmicos e 9 acadêmicas, existindo Cadeiras vagas).

Cabe, pois, em todos os sentidos, essa  campanha “Mulher toma partido, sim”!

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

padre_egidio____foto_reproducao-750x375-1-1-750x375

Caso Padre Zé: audiência de instrução contra padre Egídio de Carvalho é adiada

666bb76c-ae3b-8285-dab9-9bc726fdb94b-800x500

Cícero Lucena decreta luto de três dias e dá nome do vereador Professor Gabriel a escola municipal

enem_202023-900x600

Inscrições para o Enem 2024 começam nesta segunda

WhatsApp Image 2024-05-27 at 15.48.04

Prefeitura de João Pessoa usa drones em ação de combate ao Aedes Aegypti nesta segunda

Luiz Couto 2024

Couto diz que PT sai fortalecido com candidatura própria e aposta em Cartaxo

Raissa Lacerda

Raíssa Lacerda vai assumir vaga deixada por Professor Gabriel na Câmara

Luciano Cartaxo 21

Cartaxo comemora decisão do PT: “Estou feliz e confiante no desempenho”

fabianogomesazul

Fabiano Gomes passará por cirurgia nesta terça em Campina Grande

Luciano Cartaxo e Cida Ramos

PT decide que terá candidatura própria na capital e pesquisa vai definir se será Cida ou Cartaxo

Protesto em frente ao prédio do Ministério da Fazenda em JP

Professores e servidores de instituições federais fazem protesto na Epitácio Pessoa