Mulher que matou dois idosos para roubar R$ 20 é presa em Queimadas

A Polícia Civil prendeu, na tarde dessa sexta-feira (12), uma mulher de 21 anos condenada pela Justiça pela morte de um casal de idosos. O crime aconteceu em 7 de julho de 2019 na cidade de Queimadas, no interior da Paraíba, e causou grande comoção social.

A presa havia sido contratada pelas próprias vítimas para trabalhar como cuidadora delas. No entanto, segundo as investigações, a mulher se uniu ao seu então companheiro para matar e roubar a quantia de R$ 20.

A idosa que tinha 74 anos, Maria José da Silva, foi morta a golpes de faca e pancadas na cabeça. O marido dela, Graciano Mendes da Silva, era cadeirante, tinha 85 anos, também sofreu ataques e morreu 10 dias depois no hospital. A residência do casal ainda foi incendiada. O imóvel só não foi destruído porque vizinhos viram a fumaça e apagaram o fogo.

O casal responsável pelo crime foi preso pela Polícia Civil horas após o registro do fato. O homem permaneceu preso, mas a mulher estava respondendo o processo em liberdade.

Segundo o delegado Ilamilton Simplício, a condenada pela Justiça foi localizada e presa por equipes do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Queimadas e foi encaminhada para o presídio feminino em Campina Grande.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.