Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

MP vê excelência administrativa no Complexo Clementino Fraga

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A Promotoria de Justiça da Saúde da Capital realizou, na manhã desta quinta-feira, 2, uma inspeção no Complexo Hospitalar estadual Clementino Fraga, em Jaguaribe. A unidade é referência no tratamento de doenças infecto-contagiosas, pneumologia e dermatologia no Estado da Paraíba e dispõe, atualmente, de 156 leitos (sendo que oito deles são para hospital-dia, que funciona das 7h às 17h e seis leitos são para unidade de terapia intensiva – UTI), além de vários serviços especializados.

A inspeção também contou com a participação de outros órgãos de fiscalização como os Conselhos Regionais de Medicina, Farmácia, Enfermagem, Odontologia, Serviço Social, Fisioterapia, Psicologia e a Vigilância Sanitária.

De acordo com o promotor de Justiça da Saúde, João Geraldo Barbosa, o complexo hospitalar apresenta excelente estrutura física e modernos equipamentos. “O hospital está sendo bem administrado e serve de exemplo, em que pese o fato de trabalhar sempre no vermelho, em virtude de ter uma demanda de ocupação muito maior do que a que foi pactuada pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Para se ter uma ideia, o que é repassado de pactuação do SUS, junto com a verba teto repassada pelo Estado totaliza R$ 340 mil por mês”, disse.

Serviço de excelência – A equipe de inspeção coordenada pelo Ministério Público constatou que o Complexo Hospitalar Clementino Fraga dispõe de sistema de radiologia com centro de imagem completo (ultrassonografia e tomografia), ambulatório de hepatologia, comissão de controle de infecção hospitalar, UTI, brinquedoteca, área de recreação e lazer e unidade de pediatria instalada para atender crianças com HIV.

O hospital também dispõe de médicos especialistas para atender os pacientes com doenças infecto-contagiosas nas áreas de cardiologia, anestesiologia, pediatria, ginecologia, psiquiatria, nefrologia, urologia, neurologia e neurocirurgia, cirurgia (geral, torácica e plástica), proctologia, angiologia, endocrinologia e clínica médica.

A unidade hospitalar também possui uma ala de suporte com 17 leitos para atender casos de epidemia, além de uma comissão específica de revisão de prontuários e óbitos.  Atualmente, a direção está implantando o serviço de endoscopia na unidade.

A higienização da unidade também chamou a atenção da equipe. “Todas as enfermaria possuem um padrão de isolamento e têm anticâmera para higienização, com lavabo, sabão líquido, toalha descartável e dispensadores de álcool gel. O hospital vem atendendo e preenchendo todas as exigências da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para prevenir infecções pela bactéria KPC (também chamada de “superbactéria” por ser resistente a antibióticos)”, elogiou.

Segundo o promotor de Justiça, o Conselho Regional de Medicina elogiou a estrutura e o funcionamento do hospital. Já o Conselho Regional de Farmácia registrou que o quadro farmacêutico da unidade é  “espetacular” e que possui um estrutura organizada, climatizada e moderno sistema de armazenamento. Apenas o Conselho Regional de Enfermagem registrou a insuficiência de profissionais da área na unidade.

Outro pequeno problema identificado pela equipe, mas que já está  sendo resolvido pela direção, é a falta de implantação de brigadas de incêndio, embora o hospital possua sinalização de prevenção de incêndio e extintores carregados dentro do prazo de validade.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

imagem_2024-06-25_131911480-2

Juiz suspende reunião do PSOL que decidiria pelo apoio a Cartaxo

prefeito

Opinião: Atriz atua e não substitui responsabilidade social de gestor

onibus

Ônibus colide com poste no bairro dos Bancários, em João Pessoa

concurso-policial-penal

MPPB, secretarias e sindicato deliberam sobre concurso para policial penal

banheiro

Suspeito de estuprar mulher durante festa de São João em Santa Rita é preso nesta segunda

Dinheiro muito

Prazo para 16 ganhadores do Nota Cidadã resgatarem R$ 40 mil em prêmios termina dia 20

João Almeida, foto divulgação

Ex-vereador João Almeida está internado após cirurgia cardíaca

Programa Justiça 4.0

Programa Justiça 4.0 abre 35 vagas de trabalho

INSS na Paraíba

Servidores do INSS na Paraíba entram em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira

Celso Batista e Luciano Cartaxo

PSOL decide hoje se mantém pré-candidatura de Celso Batista ou apoia Luciano Cartaxo