MP vai acompanhar investigação sobre morte de Gefferson Moura em operação policial

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou procedimento administrativo para acompanhar a investigação da Polícia Civil sobre a morte do empresário e estudante de pós-graduação em Direito, Geffeson de Moura Gomes, no município de Santa Luzia, no Sertão do Estado, ocorrida na noite dessa terça-feira (16/03), durante uma suposta operação realizada por policiais civis do Estado de Sergipe.

O procedimento foi instaurado pelo promotor de Justiça de Santa Luzia, José Carlos Patrício, que já requisitou cópia do inquérito policial instaurado pela Polícia Civil. “Vamos analisar os depoimentos, as informações e os elementos de prova que venham a embasar o inquérito, para a partir daí, ver quais medidas serão adotadas. O Ministério Público é responsável pelo controle da atividade policial e é essa atividade que estamos desenvolvendo com o objetivo de saber se os fatos estão sendo apurados de forma regular, garantindo aos familiares e à sociedade a resposta adequada sobre o que aconteceu”, disse.

Geffeson tinha 32 anos, era nascido no município de Cajazeiras, no Alto Sertão do Estado e tinha uma loja de automóveis em Jaguaribe. Ele seguia para a cidade de Padre Rolim onde o pai estava doente com Covid-19 quando foi abordado pela polícia.

Há versões contraditórias a respeito do que aconteceu. Os policiais sergipanos disseram que o rapaz estaria armado com uma pistola .40 e por isso teria sido baleado. Amigos dele, contudo, afirmam que não havia pistola nem arma alguma em poder da vítima.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.