Morre o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, aos 65 anos

O presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, morreu nesta terça (11), aos 65 anos, em um hospital na Itália, após duas semanas internado por uma disfunção do sistema imunológico, disse seu porta-voz.

Horas antes de anunciar a morte, o assessor havia relatado a hospitalização do italiano e a suspensão de suas atividades oficiais. Sassoli, que tinha um histórico de leucemia, já havia sido internado em 2021 em razão de uma pneumonia que o manteve afastado da atividade parlamentar por várias semanas.

O mandato do ex-jornalista começou em 2019 e acabava neste mês, já que presidência dura metade de um mandato no Legislativo europeu, de cinco anos. A eleição do sucessor será em 18 de janeiro.

Em meados de dezembro, seu grupo, os social-democratas —segunda maior força no Parlamento—, desistiu de apresentar um candidato para a disputa, abrindo passagem para um nome de direita, a maltesa Roberta Metsola, atual primeira vice-presidente da instituição.

Deputado europeu desde 2009, Sassoli foi eleito em julho de 2019 depois de um acordo para distribuir a presidência dos principais cargos da União Europeia entre as três maiores coalizões no bloco.

Assim, a direita ganhou a presidência da Comissão Europeia, com Ursula von der Leyen, e os liberais de centro ficaram com a liderança do Conselho Europeu, com Charles Michel.

O mandato de Sassoli foi marcado pela crise sanitária da Covid, que obrigou o Parlamento Europeu, única instituição comunitária diretamente eleita no bloco, a trabalhar remotamente.

Durante o período, o italiano cedeu as instalações vazias do Parlamento para a preparação de refeições para pessoas necessitadas e a instalação de um centro de testes de detecção do coronavírus. Em novembro, Sassoli recebeu apoio de seu grupo para concorrer a um segundo mandato. Mas ele evitou se declarar oficialmente candidato, e seu estado de saúde jogou a candidatura na incerteza.

Folha de S. Paulo

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.