Morre ex-senador e ex-governador do Amazonas Gilberto Mestrinho

O ex-senador Gilberto Mestrinho (PMDB) morreu neste domingo (19) aos 81 anos em Manaus (AM), confirmou o Hospital Prontocord.

Mestrinho tratava um câncer de pulmão e estava internado havia 15 dias. Ele foi internado com insuficiência renal crônica e morreu por complicações cardíacas.

O velório acontece no Palácio Rio Negro, antiga sede do governo do Amazonas. O enterro será na terça-feira (21) no cemitério São João Batista.

Mestrinho foi governador do Amazonas por três mandatos, deputado federal e prefeito de Manaus. Na Senado, notabilizou-se como presidente da Comissão Mista de Orçamento.

Ainda na Casa, em 2001, defendeu a renúncia do então presidente licenciado, Jader Barbalho (PMDB-PA), do cargo de senador, para que o amigo se livrasse de processo por quebra de decoro parlamentar. Jader era suspeito de desvios do Banpará (Banco do Estado do Pará) na época em que era governador do Estado (1983-1986).

À época, Mestrinho acabara de se licenciar da presidência do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado para tratar de um câncer de próstata. A renúncia do cargo foi interpretada como uma manobra do PT e do PMDB, para tentar manter Jader no cargo.

Em 2006, Mestrinho tentou se reeleger ao Senado, mas acabou derrotado, após fazer campanha com o eleito governador Eduardo Braga (PMDB). Ele era o atual presidente da sigla no Amazonas.

 

UOL

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.