Morre Alcides Gonçalves, escrivão da Polícia Civil da PB com 30 anos de carreira

Morreu em João Pessoa, na noite desse sábado (28), o escrivão Alcides Gonçalves. Segundo a Polícia Civil da Paraíba, ele teve falecimento por causas naturais.

O delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, emitiu nota de pesar pela morte do escrivão.

Veja na íntegra

 

Nota de Pesar

É com profunda tristeza que a Delegacia Geral da Polícia Civil da Paraíba comunica o falecimento do escrivão Alcides Gonçalves.

O policial faleceu de causas naturais durante a noite desse sábado (28), em João Pessoa.

Ao longo de 30 anos de carreira, Alcides teve uma vida dedicada ao trabalho da Polícia. Atuou na implantação da extinta Operação Manzuá, trabalhou em delegacias de João Pessoa, Alhandra e Pitimbu e fez parte da equipe de vários delegados, a exemplo de Alberto do Egito, Carlos Alberto Magalhães, Gilson Fernandes (in Memoriam) e Fernando Alves.

Alcides sempre teve conduta exemplar e atuou de acordo com os princípios éticos, morais e legais que regem a Polícia Civil.

A Instituição se solidariza com amigos e familiares do policial, desejando votos de consolo e superação neste momento de extrema dor.

Isaías José Dantas Gualberto

Delegado Geral da Polícia Civil da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.