MEL encaminha representação ao MP contra empresário paraibano por homofobia; veja

Foi encaminhada nesta quarta-feira, 11, uma representação movida pelo Movimento do Espírito Lilás, entidade ativista dos direitos da comunidade LGBTQIA+, contra o empresário paraibano Eudes Patrício de Carvalho Neto por crime de homofobia. O motivo foram conteúdos compartilhados por ele em seu perfil nas redes sociais com discriminação aos gays. Eudes exibiu um comercial do novo veículo Polo, no qual aparece um casal de homens e fez comentários discriminatórios.

Confira um dos trechos de comentário do empresário a respeito da peça publicitária do Novo Polo:

O MEL alega em sua representação que Eudes atingiu frontalmente a população LGBTQIA+, expondo-a a uma odiosa inferiorização e perversa estigmatização que configuraria crime de racismo. O pedido do movimento é que o empresário seja enquadrado em âmbito cível e criminal por dano moral coletivo.

Nota – A empresa da qual Eudes é sócio publicou uma nota em sua rede social para comentar o  episódio e dizer que não  compartilha do pensamento dele.

O comercial  –  A propaganda do Novo Polo, da Volkswagen com um casal gay está causando alvoroço nas redes sociais. A repercussão, porém, ressalta o papel que as empresas podem ter no combate ao preconceito. Publicada no dia 6, inicialmente no perfil do Instagram da montadora, a peça publicitária é parte de uma série de postagens sobre o tema da diversidade iniciado em junho de 2021. Desta vez, a peça publicitária mostra o casal de homens e os dizeres: “Sabe o que evoluiu junto com você? O Polo”. Em seguida, diz que “o que já era bom ficou melhor” e ressalta avanços tecnológicos do modelo.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Volkswagen do Brasil (@vwbrasil)

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.