Médicos da rede estadual e municipal decidem entregar cargos

Em assembleia na noite desta terça-feira, 03, na sede do CRM – Conselho Regional de Medicina, médicos da rede hospitalar municipal decidiram encaminhar carta de intenção, no prazo de 30 dias, notificando o prefeito Luciano Agra com pedido de exoneração dos profissionais concursados e demissão dos prestadores de serviço do município. A partir do recebimento do protocolo, o município terá 30 dias para publicar a portaria com as solicitações. Com a decisão, os médicos da capital já começam a coleta de assinaturas dos profissionais de todas as entidades médicas.

A continuação da assembleia desta terça sobre a saúde do município já está programada para o próximo dia 11 de maio e, antes disso, no dia 10, acontecerá uma audiência pública na Câmara Municipal de João Pessoa, propositura de autoria do vereador Raoni Mendes que discutirá a situação da saúde no município.

– Acreditamos que essa medida extremada não será necessária, visto que o Tribunal de Justiça, ao analisar a nossa defesa no processo impetrado pela prefeitura de João Pessoa, modificará parcialmente ou totalmente sua decisão e garantirá o direito constitucional de todo trabalhador, já consagrado em vasta jurisprudência do STF, que é o direito à greve. Garante-se o direito de atendimento aos atendimentos de urgência e emergência à população, bastando-se apenas determinar o contingente necessário para esse atendimento – explicou o presidente do SIMED/PB, Tarcísio Campos.

Na mesma ocasião, cirurgiões concursados e prestadores de serviço do Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena deliberaram sobre a entrega dos cargos no dia 27 de maio. Até lá, o presidente do SIMED/PB (Sindicato dos Médicos do Estado da Paraíba), Tarcísio Campos, espera manter entendimentos com o governo estadual. Ainda nesta terça, uma solicitação de audiência foi encaminhada pelo sindicato ao governador Ricardo Coutinho.

Estiveram na assembleia desta terça-feira o presidente do Conselho Regional de Medicina, João Medeiros, e ainda o vereador Raoni Mendes e os deputados estaduais Luciano Cartaxo e José Aldemir.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.