Marcos Henriques aceita debater reforma trabalhista com Pedro Cunha Lima

O vereador de João Pessoa e pré-candidato a deputado federal pelo PT, Marcos Henriques, criticou o que classificou de “absurdas” colocações do deputado Pedro Cunha Lima em entrevista de rádio em Campina Grande, quando ele defendeu a reforma trabalhista (Lei 13.467/2017), que ajudou a aprovar.

Marcos Henriques disse que a fala do seu adversário revela desconecxão da realidade. “Ao contrário do que diz o deputado Cunha Lima, esta reforma trouxe sofrimento para a classe trabalhadora, mas ele não deve saber disso, pois na prática tem pouca afinidade com o assunto”.

De acordo com o vereador, que têm origem na luta sindical, os efeitos dessa reforma estão sendo catastróficos, considerando que os indicadores, seis meses após aprovação, somente revelam a elevação do desemprego, o enfraquecimento do poder de negociação dos trabalhadores e o aumento da informalidade, “foram cerca de 3 milhões de vagas de empregos formais que evaporaram (CAGED)”, destacou.

Marcos Henriques considerou lamentável e desrespeitosa a fala do seu oponente e disse que quer discutir publicamente o assunto com Pedro: “Aceito o desafio do tucano e estou disposto a debater com ele, em qualquer meio de comunicação, sobre o que considero malefícios desse crime contra a classe trabalhadora, que ele (Pedro) e seus aliados ajudaram a aprovar, defendendo os interesses dos grandes empresários”.

Comentários