Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Maranhão prevê que Governo de Ricardo será “feudalizado”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O governador diplomado Ricardo Coutinho (PSB) terá um trégua da oposição que vai evitar um embate político no início da gestão. Para o atual governador José Maranhão (PMDB), a disputa foi encerrada com as eleições de outubro. Todavia, ele espera trabalho do sucessor e o cumprimento das promessas feitas durante a campanha eleitoral.

“A política não é feita como uma luta de boxe em que os homens públicos têm que ir para o primeiro, segundo e terceiro round. Eu acho que o dever de Ricardo é trabalhar pela Paraíba. Eu espero que ele faça isso com os deveres que um governador precisa assumir”, comentou Maranhão.

Quanto aos secretários já anunciados por Ricardo, o peemedebista frisou que respeita as escolha do futuro governador. Ele ainda comentou que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), sugeriu a indicação do secretário de Segurança Pública, Cláudio Lima, e o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) tenha indicado o comando da Polícia Militar.

“Eu acho que é um governo feudalizado. É um feudo do cada comandante do processo partidário que o levou a eleição. Mas cada um escolhe os seus caminhos. Eu não tenho nenhum crítica especial a fazer a esse respeito”, alfinetou Maranhão.

A partir de janeiro, o atual governador adiantou que vai trabalhar para fortalecer ainda mais o PMDB e sacramentar a união com partidos aliados para que a oposição exerça o seu papel de fiscalizar as ações do Poder Executivo estadual.

Emprego – Maranhão revelou que foi consultado pela direção nacional do PMDB se tinha interesse em assumir o ministério da Previdência, mas declinou do convite. “Eu apenas expliquei que não me sentia estimulado a aceitar o ministério da Previdência porque não é minha praia”, comentou.

Ele frisou que se colocou a disposição do governo de Dilma Rousseff para colaborar em outra função. Todavia, ponderou que “não sou um caçador de emprego, não estou pleiteando emprego”, acrescentando que “só aceitaria qualquer cargo através do qual eu pudesse servir a Paraíba e ao projeto de crescimento e desenvolvimento do seu povo”.

Jornal da Paraíba

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

luizcoutofrente

Luiz Couto apresenta R$ 59 milhões em emendas para investimentos na PB

bolsonaro e walber virgolino em cabedelo 130424

Jair Bolsonaro visita feira e faz passeata com apoiadores em Cabedelo

X rede social

Diretor jurídico que representava X no Brasil renuncia ao cargo

alcool FOTO juca varella agencia brasil

Agevisa restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril

livros FOTO Pixabay

FLIDI: Festa Literária de Dona Inês celebra literatura e educação no clima frio da serra paraibana

vacina seringa FOTO Pixabay

Paraíba tem Dia D de vacinação contra influenza e multivacinação

viatura pcpb FOTO Ascom PCPB_

Travesti é assassinada no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa

mega sena agencia brasil

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 56 milhões

luis roberto barroso FOTO valter campanato agencia brasil

Regulação da Inteligência Artificial precisa proteger direitos fundamentais, diz presidente do STF

_viatura pcpb FOTO Ascom PCPB

Policial civil é preso suspeito de matar homem em bar, em Patos