Mais de 2 mil colaboradores da Ecos dão suporte à entrega de cestas básicas a alunos do Estado

Mais de 2 mil colaboradores da prestadora de serviços Ecos (Espaço, Cidadania e Oportunidades Sociais) têm atuado com a Secretaria de Estado da Educação, da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT) na logística de distribuição de cestas básicas para alunos da rede estadual de ensino. A entrega dos itens aos estudantes foi uma das medidas adotadas pelo governo do Estado devido ao impacto da pandemia de covid-19, tendo em vista que a necessidade de isolamento social levou ao fechamento dos espaços escolares. Em toda a Paraíba, a distribuição das cestas básicas contendo os itens da merenda escolar vai beneficiar 246 mil estudantes da rede estadual de ensino.

A iniciativa se desenvolve em consonância com a sanção da Lei nº 13.987, de 7 de abril de 2020, do Governo Federal, que autoriza, em caráter excepcional, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar – Pnae, aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica. A distribuição dos itens alimentares também leva em consideração a Lei Estadual nº 11.682/2020, de 5 de maio de 2020, que obriga a manutenção do fornecimento de alimentação escolar aos estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino, quando declarado Estado de Calamidade Pública com suspensão de aulas nas escolas públicas estaduais, e dá outras providências.

Na Paraíba, o cronograma de entrega das cestas básicas varia, e as Gerências de Ensino recebem um roteiro com as orientações para a distribuição do material. Conforme são definidos os cronogramas de cada escola, é feita uma escala de atuação dos colaboradores da Ecos que irão atuar na logística da entrega.

“As orientações da Secretaria de Educação foram repassadas por meio do Manual de Orientação de Distribuição das Cestas Básicas da Merenda Escolar, estabelecendo que as unidades de ensino devem estar disponíveis para atender a demanda, a partir da quantidade de cestas básicas disponíveis a serem entregues e do espaço adequado para recepcionar o público de forma segura. Cada regional, em conjunto com as unidades de ensino, deve se organizar para viabilizar o melhor procedimento de realização das entregas”, explica Nilbânia Rodrigues, coordenadora do Serviço de Atendimento à Escola (SAE) da Ecos.

O envolvimento dos colaboradores da Ecos na logística de distribuição depende da quantidade de funcionários requerida pelos gestores de cada unidade de ensino. As escalas de trabalho são feitas pelos gestores das escolas, e 2.052 colaboradores da Ecos estão com cronogramas de atuação definidos até agora.

SAIBA MAIS – A Ecos é uma entidade sem fins lucrativos, de natureza filantrópica. A instituição foi criada em 1997 a partir da união de profissionais de diversos segmentos da sociedade. Desde 2017, a Ecos desenvolve importantes ações na rede estadual de ensino da Paraíba por meio de gestão pactuada, contribuindo para o aperfeiçoamento da estrutura escolar e pedagógica das 325 unidades assistidas (inclusive em aldeias indígenas), localizadas no Litoral, Agreste e Sertão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.