Magno lamenta declarações de Rômulo e cita benefícios de Veneziano

O Coordenador de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande, Carlos Magno, lamentou neste domingo (25), Dia de Natal, as declarações consideradas por ele como “infelizes” do Vice-Governador da Paraíba, Rômulo Gouveia. Segundo Magno, “Rômulo foi desrespeitoso com o prefeito Veneziano, quando o comparou a macaco, que olha o rabo dos outros”.

 
Magno disse que as palavras de Rômulo não são condizentes com a postura que deve ter um Vice-Governador e voltou a criticar o aumento concedido pelo Governador Ricardo Coutinho aos servidores públicos estaduais e, também, a declaração de Rômulo, desafiando Veneziano a conceder reajuste igual. “Veneziano jamais anunciaria um reajuste desrespeitoso com este, retirando benefícios e garantias dos servidores para recompor salário, iludindo, ludibriando os servidores”.
 
Ele lembrou que, diferente do Governador, que anunciou aumento linear de 3% para os servidores, Veneziano sempre concede reajustes acima da inflação. “Três por cento não é nem metade do índice inflacionário. Veneziano, diferente do governador, desde que assumiu a Prefeitura tem concedido reajustes sucessivos, acima da inflação”, afirmou.
 
Magno disse que, só na gestão Veneziano, os servidores públicos municipais já acumulam 42% de aumento real de seus salários. “Aumento real, para o Governador que não sabe, é o índice de reajuste que é concedido acima da inflação. Então, se o Governador concede reajuste linear de 3%, significando menos da metade da inflação, não pode fazer comparação com o jeito respeitoso com o qual Veneziano trata os servidores”.
 
Carlos Magno lembrou também outras conquistas dos servidores na gestão Veneziano, a exemplo do Calendário de Pagamento, com os salários sendo pagos num só dia e dentro do mês trabalhado, os Planos de Cargos de várias categorias, a exemplo do Magistério, da Saúde, dos Engenheiros, dos Agentes da STTP, dentre outros. “Tudo isso Veneziano fez diferente do que fazia o grupo do atual Vice-Governador, quando administrava Campina”.
 
Ele finalizou lembrando ainda os mais de 4.500 servidores contratados através de oito grandes concursos realizados pela Prefeitura, acabando com a política da contratação por favores políticos. E alfinetou: “Quem entende dessa história de bicho, rabo de macaco ou qualquer outro, não é Veneziano”, disse Magno.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.