Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Cartaxo lança Colônia de Férias para mais de 14 mil crianças nas creches da Capital

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Há oito anos, o mês de janeiro deixou de ser uma preocupação para pais e mães que precisam trabalhar e não tinham com quem deixar seus filhos pequenos que estavam de férias. Dividindo com eles a responsabilidade pela educação das crianças nas creches da Capital, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, lançou o projeto da Colônia de Férias. O objetivo é oferecer diversas atividades, oficinas e brincadeiras para crianças entre 1 e 5 anos no mesmo período em que elas estariam nas unidades de ensino, entre 7h e 17h, oferecendo mais de 1,6 milhão de refeições neste mesmo período às crianças. Na manhã desta segunda-feira (6), o gestor abriu a edição 2020 da Colônia de Férias, no Centro Cultural de Mangabeira.

A Colônia de Férias é realizada por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) e atende aos 89 Centros de Referência em Educação Infantil (Crei). Da mesma forma que acontece durante o ano letivo, as crianças chegam às unidades às 7h e passam todo o dia participando de atividades e brincadeiras, ou mesmo realizando passeios aos espaços culturais da Capital, de segunda à sexta-feira. São oferecidas cinco refeições diárias, o que totalizará, ao final do mês, 1,6 mil refeições fornecidas.

Neste período, a Sedec vai oferecer 2 mil oficinas, como de artes, música, pintura, confecção de brinquedos, teatro, dança, arte circense. As crianças serão envolvidas em atividades lúdicas, explorando o corpo e a natureza de maneira integral. Elas também visitarão os espaços de lazer da cidade, as praças, o Novo Parque da Lagoa, Novo Parque da Bica e teatro, com o transporte garantido pela Sedec. Todas as atividades serão desenvolvidas e monitoradas por cerca de 2.500 profissionais, dentre eles professores, monitores, pedagogos e servidores de apoio.

“Para muitos pais, o mês de janeiro era sempre complicado por não ter com quem deixar os filhos ou deixá-los muitas vezes sob cuidado de outras crianças, expostas a diversos riscos. Mas desde que lançamos a Colônia de Férias, a Prefeitura de João Pessoa garante a atenção e cuidado com elas mesmo no período das férias escolares. Damos um suporte tanto pedagógico como alimentar e permitimos que as crianças tenham acesso a um mês inteiro de diversão, lazer e cultura, assim como devem ser as férias de qualquer criança”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

A Colônia de Férias integra o projeto educacional que vem sendo desenvolvido desde 2013 em João Pessoa, implantando um novo padrão de qualidade nas unidades de ensino, expansão da rede e ampliação do número de vagas, concurso público para o magistério, pagamento do 14º salário, aulas de robótica e primeira escola bilíngue, entre outros.

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

ghfdgh

Homem é morto a tiros na frente da filha de 3 anos em João Pessoa

Estacao_Cabo_Branco_Foto_KLeide_Teixeira_-30

Estação Cabo Branco abre vagas gratuitas para o Curso Livre de Teatro

noname

Nyedja Gennari faz encenação em defesa da PL 1904/24 durante audiência pública no Senado Federal

gabarito-enem-2022-3

Taxa de inscrição para o Enem 2024 deve ser paga até quarta

quais-os-salarios-e-beneficios-para-todos-os-cargos-da-policia-civil-da-paraiba-concursos-2022

Operação da Polícia Civil da Paraíba prende quadrilha especializada em extorsão

Priscila e Ramonilson (1)

Baronesa lança pré-candidatura em Patos e Ramonilson fala em ‘compromisso não honrado’

PSDB candidaturas femininas

PSDB amplia bases para eleições municipais e aposta em pré-candidaturas femininas na PB

Prisão, cadeado

Polícia Civil prende investigado por participar do assassinato do tio

Polícia Civil JP

Preso foragido do Rio que manteve família refém em JP durante assalto

Furto agências bancárias

Polícia Civil e PRF prendem investigados por furto de computadores de agências bancárias na Paraíba, PE e RN