Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Liminar no TRE mantém Nobinho na Prefeitura de Esperança

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Uma liminar concedida, no início da noite de ontem, pelo juiz do TRE, Lira Benjamin, suspendeu os efeitos da cassação do prefeito do município de Esperança, Nobinho Almeida (PTB), e da vice Rosa Bronzeado. Ele tinham sido cassado no período da manhã pelo juiz da 19ª Zona Eleitoral, Jailson Shizue Suassuna, por abuso do poder econômico no financiamento de pinturas amarelas de 300 casas de eleitores em troca de votos.

De acordo com a liminar concedida por Benjamin, o prefeito Nobinho e a vice Rosa ficam nos cargos até o TRE tomar uma decisão definitiva sobre o processo de cassação. Rosa é esposa do deputado federal Armando Abílio (PTB). A defesa dos petebistas, tendo à frente os advogados Jonhson Abrantes e Edward Abrantes, acreditam que o tribunal, no mérito, vai reformar a decisão da primeira instância.

Nobinho, que acompanhou a apreciação da cautelar no escritório dos advogados, estava tranquilo e promete provar que não cometeu crime eleitoral. Ele vai manter o calendário de obras e ações em Esperança.  

AIJE

Pela manhã, o juiz Jailson Suassuna mandara o presidente da Câmara Municipal assumir a Chefia do Executivo até o TRE decidir se realizaria novas eleições ou assumiria o segundo colocado Anderson Monteiro (DEM). O magistrado julgou procedente uma  Ação de Investigação Judicial Eleitoral impetrada pelo Ministério Público.

Em uma segunda Aije, o Ministério Público acusa o prefeito de captação ilícita de votos e abuso do poder econômico durante a campanha de 2008. A defesa de Nobinho impetrou um mandado de segurança junto ao Tribunal Regional Eleitoral e o processo está suspenso até o julgamento do recurso. 
Já o segundo colocado nas eleições, Anderson Monteiro (DEM), enfrenta quatro Ações de Investigação Judicial Eleitoral por uso da máquina da prefeitura e compra de votos, o que pode torná-lo inelegível pelo menos por três anos. Anderson é filho do deputado Arnaldo Monteiro (DEM) e foi apoiado pelo então prefeito João Delfino (PSB).

Nobinho foi eleito em 2008 com  9.605 sufrágios, o equivalente a  54,4% dos votos válidos. Por sua vez, Anderson obteve  7.917 votos (44,8%), enquanto Antonio Fernandes (PRB) recebeu 115 sufrágios (0,65%).
 

 

Jornal da Paraíba

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Anteriores

Karla Pimentel

Prefeita de Conde homologa concurso público

lucassegfuranca

São João de Campina Grande tem monitoramento por drones, ‘supercâmera’ e identificação facial

joao-pessoa-trem-cbtu-cabedelo-santa-rita-divulgacao

Trens urbanos param no feriado de Corpus Christi

WhatsApp Image 2024-05-29 at 17.24.13

Prêmio APCA homenageia Cláudia Carvalho, editora do Parlamento PB

Pesquisa-oculos-2

Procon-JP registra variação de mais de 71% no preço de óculos de sol em nova pesquisa

Comercio-Foto-Divulgacao-Secom-PB-2

Saiba o que abre e fecha em João Pessoa no feriado de Corpus Christi

noname

Campanha Eleitoral: advogado fala sobre uso de Inteligência Artificial e pedido de votos

IMAGEM_NOTA_CIDADA_MAIO_2024_1_OK

Nota Cidadã divulga os ganhadores do mês de maio

WhatsApp-Image-2024-01-19-at-10.42.22

Linhas de ônibus funcionarão nesta quinta e sexta, dias 30 e 31, com frota dos dias de sábado

Médicos Processo seletivo emergencial

Juíza condena Prefeitura de Bayeux a indenizar médica inocentada pelo CRM