Leonardo confirma que assumirá Infraestrutura e diz que não teme processo

Está confirmado. A nomeação do deputado estadual Leonardo Gadelha para a Secretaria de Infraestrutura será publicada nesta quinta-feira, 24, no Diário Oficial. Ele mesmo revelou que foi convidado para o cargo hoje à tarde pelo governador José Maranhão (PMDB) e aceitou assumir a Pasta. Ciente de que deverá enfrentar um processo de seu partido, o PSB, que baixou resolução proibindo os deputados de assumirem cargos na administração estadual, Leonardo disse que essa ameaça não lhe preocupa:

"O processo é doloroso por vários motivos. O que menos dói é a possibilidade de perder o mandato. O que me causa angústia é deixar um partido que ajudei a construir e onde tenho muitos amigos, especialmente na executiva nacional. Se houver um processo judicial e for acusado de infidelidade partidária, vou mostrar que houve a necessidade de deixar o PSB até mesmo por instinto de sobrevivência", declarou Leonardo, em entrevista concedida ao Padre Albeni Galdino, no programa Bastidores, da TV Master.

Ele acrescentou que tentou pacificar as hostes socialistas que entraram em ebulição desde que o deputado Guilherme Almeida (PSB) foi chamado para a Secretaria de Interiorização e teve sua ida para o cargo barrada pelo partido: "Eu tentei pacificar o PSB durante todo esse tempo, mas as alianças buscadas não são aquelas para as quais o partido preparou seus filiados. Se o PSB não concordar com minha ida para o cargo, terei que deixar o partido", enfatizou.

Cautela – A suplente de deputada Nadja Palitot foi informada do assunto pela reportagem do Parlamentopb. Ela disse que desconhecia a novidade e preferiu falar sobre sua ida à Assembleia apenas depois de confirmada pelo Diário Oficial a nomeação de Leonardo Gadelha, em cuja vaga assumirá.

Foi justamente para evitar que Nadja, adversária ferrenha de Ricardo Coutinho, assumisse o mandato na Assembleia que a crise do diretório estadual com os deputados foi deflagrada. O governador Maranhão havia recuado da articulação e mantido a trégua com Ricardo, que agora deve ser rompida.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.