Léo Abreu promete acionar Justiça contra Jeová e Carlos Antônio

O prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu (PSB) lamentou hoje as insinuações feitas pelo deputado estadual Jeová Campos (PT) e pelo ex-prefeito Carlos Antônio (DEM). Ambos levantaram a acusação de que a campanha de Léo teria recebido dinheiro do narcotráfico. Léo Abreu se mostrou indignado com a atitude de ambos e anunciou que vai tomar as providências de ordem legal e jurídica para inibir esse tipo de iniciativa por parte de algumas lideranças locais.

Léo Abreu lamentou o fato, pois os lideres políticos do município deveriam se interessar em ajudar a sociedade no trabalho incessante de combate às drogas.

“Vêm de público achincalhar ou levantar suspeições sobre o meu caráter como cidadão, pai de família e profissional, e isso eu não aceito de maneira nenhuma”, desabafou.

O gestor declarou que a população tem a devida liberdade de criticar sua administração, e que seria humilde em receber as reclamações, mas acrescentou que jamais vai aceitar suspeição ao seu caráter.

Combate às drogas – Na oportunidade, o líder municipal convidou a população, bem como a representação política do município, para participar do evento que acontece hoje na Câmara Municipal, onde serão empossados os conselheiros do COMAD (Conselho Municipal anti Drogas), que é formado pela sociedade civil e membros integrantes dos poderes públicos, a exemplo das policias, onde configura como uma resposta concreta ao “grito” da sociedade que não aceita mais a forma desastrosa que as drogas tem chegado aos lares paraibanos e brasileiros.

“Quero conclamar a quem utilizou dos meios de comunicação nesse domingo para difamar a minha imagem como sendo alguém envolvido com essa atividade que estarei na Câmara e espero que a pessoa tenha a devida coragem de estar nesse evento defendendo esse problema tão sério para ver se esconde um pouco a sujeira que tentou fazer nas emissoras de rádio”, disse Léo.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.