Léo Abreu chama de individualista projeto de Ricardo Coutinho para Governo

O prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu, em entrevista na manhã desta segunda-feira, 14, ao Jornal da Manhã da Rádio Oeste, aos apresentadores Joselito Feitosa e Petson Santos, disse, que Ricardo Coutinho está pensando apenas em seu futuro político, esquecendo os aliados e a conjuntura política que os levaram ao poder. “Política se faz com alianças, isso não podemos negar, mas também não devemos nos aliar a tudo e a todos para conseguirmos nosso objetivo, tenho ideologia, já mais irei subir em um mesmo palanque em que estejam, o ex-prefeito Carlos Antonio, a vereadora Léa Silva e o senador Efraim Morais. Seria incoerência da minha parte, eu sou um político que tenho princípios” frisou Léo.

Conforme o prefeito cajazeirense, a aliança PMDB, PT e PSB, que deu a vitória a Ricardo Coutinho na capital por duas vezes consecutivas, poderia permanecer, em nome de um projeto de futuro, e com ou sem o DEM, este projeto sairia vencedor nas próximas eleições. “Os democratas estão dando uma cartada de mestre, sabiam que com o senador Cícero seria impossível vencer as eleições, agora se acostam a um nome que está sendo simpático na opinião popular para buscar, desta feita retomar o governo do estado, daquele que está conseguindo em pouco tempo dar uma nova cara a Paraíba”, argumentou Léo.

Pela fala do prefeito cajazeirense, o seu apoio a Ricardo Coutinho nas próximas eleições é praticamente descartado.

 

Diário do Sertão

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.