Justiça mantém prisão de Leto Viana e dos vereadores de Cabedelo

O Tribunal de Justiça da Paraíba manteve na tarde desta terça-feira (3) a prisão de todos os detidos na operação ‘Xeque-Mate’, deflagrada pela Polícia Federal e o Ministério Público da Paraíba para combater desvio de recursos público na Prefeitura e Câmara de Cabedelo.

O prefeito Leto Viana foi encaminhado para o 5º Batalhão de Polícia Militar, no Valentina. A decisão do juiz Rodrigo Marques ocorreu durante audiência de custódia.

o presidente da Câmara, Lúcio José Nascimento, o vereador Rosildo Pereira de Araújo Júnior, o “Júnior da Tele”, além do vereador Antônio Bezerra do Vale Filho (PRP) também foram encaminhado para o 5º BPM.

Já a vereadora e vice-presidente da Câmara, a esposa de Leto Viana, Jaqueline Monteiro França, teve a prisão mantida e foi encaminhada para a 6ª Companhia da Polícia Militar, em Cabedelo. Para lá também foi conduzida Leila Maria Viana do Amaral, assessora da Câmara.

O servidor público Adeildo Bezerra Duarte e o empresário do Ramo de Segurança, Marcos Antônio Silva dos Santos, foram encaminhados para o presídio do Róger.

Outro preso na operação de hoje, Gleuryston Vasconcelos Bezerra Filho, foi encaminhado para o 5º BPM.

Comentários