Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Julian elogia Moro e diz que ele não tinha como saber que rumo reunião tomaria

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O deputado federal paraibano Julian Lemos (PSL), desafeto público de Carlos Bolsonaro, elogiou a entrevista do ex-ministro Sergio Moro exibida ontem pelo Fantástico.

Para ele, o ex-ministro é “uma pessoa muito equilibrada” e que, inicialmente, encarava sua participação no governo como “missão”. Até que, no entender de Lemos, ele constatou que a agenda contra a corrupção “foi colocada um pouco de lado, se não totalmente de lado”.

“O que ele [Moro] falou que aconteceu [interferência de Bolsonaro na Polícia Federal, por exemplo] ficou provado. Agora, compete a cada pessoa fazer a sua interpretação. Moro tem nitidamente um zelo pela sua dignidade”, disse a O Antagonista.

Lemos não concorda com as avaliações de que Moro deveria ter feito antes as denúncias:

“Era nítido o constrangimento [de Moro] naquela reunião [ministerial de 22 de abril, divulgada na última sexta-feira]. Ele não tinha como saber anteriormente que as coisas tomariam esse rumo. De fato, ele não poderia, como ministro, ter se manifestado antes.”

Escute o áudio clicando abaixo:

 

 

 

com O Antagonista

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

forumcabeelo (1)

Segundo réu pronunciado pelo homicídio do lutador de MMA é julgado em Cabedelo

joaoalemanha

João Azevêdo abre Fórum de Internacionalização Paraíba-Alemanha e destaca investimentos em pesquisa

Cida Ramos, deputada

Cida Ramos acredita em candidatura própria do PT e diz que está confiante

Adolescente mata os pais e a irmã

Adolescente mata os pais e a irmã em SP por ficar sem computador e celular

Barreira do Castelo Branco

Obras na barreira do Castelo Branco começam hoje e trecho da BR-230 será interditado

Luciano Cartaxo 3

Luciano Cartaxo melhora, mas segue internado em João Pessoa

Ebrahim Raisi

Presidente do Irã morre aos 63 anos em queda de helicóptero

Luciano Cartaxo e Cida Ramos

Executiva Nacional do PT adia mais uma vez decisão sobre eleições em João Pessoa

UFPB-entrada-683x388

Começam hoje inscrições para concurso da UFPB com 21 vagas e salário de até R$ 11 mil

Padre Egídio preso

Justiça realiza hoje primeira audiência de instrução de Padre Egídio e ex-diretoras do Hospital Padre Zé