Juiz manda suspender inserções em que Ricardo falava sobre drogas

O juiz Rodrigo Marques Silva Lima emitiu na noite de hoje uma decisão segundo a qual devem ser retiradas do ar as inserções produzidas pela Coligação Paraíba Unida mostrando parte de uma entrevista concedida pelo candidato do PSB ao Governo do Estado da Paraíba, Ricardo Coutinho, e na qual ele tratava das drogas. A proibição do material se deu em atenção a uma representação ajuizada pelo advogado Fábio Andrade, da Coligação Uma Nova Paraíba. O magistrado entendeu que apenas um trecho da entrevista foi usado pela coligação do PMDB e sua veiculação dava a entender que o candidato socialista defendia a descriminalização das drogas.

O jurídico do PSB alegou que a entrevista havia sido editada para que o significado das declarações de Ricardo Coutinho fosse alterado. Segundo o advogado Fábio Andrade, no decorrer da conversa, Ricardo Coutinho dizia ser contrário à legalização dos entorpecentes.

"Verifico a veiculação de informação sabidamente inverídica, uma vez que ouvindo a entrevista concedida pelo candidato observo que ele logo após o trecho reproduzido pela representada afirma claramente que é contra a legalização das drogas", diz o juiz Rodrigo Marques em sua sentença.

"O TRE da Paraíba demonstra, mais uma vez, que não vai tolerar abuso e ilegalidade na propaganda eleitoral. Esta já foi a quinta suspensão de material do guia eleitoral sofrida pela Coligação Paraíba Unida, que teima em desrespeitar a legislação", comentou o advogado Fábio Andrade.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.