Juiz autoriza soltura de suplente de vereador preso na Operação Xeque-Mate

O juiz Henrique Jacome autorizou na tarde de hoje a liberação do servidor público municipal de Cabedelo, Inaldo Figueiredo da Silva, que deixou a Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice também hoje para cumprir medidas cautelares no regime semiaberto, devendo se recolher à casa dele das 22h às 6h. O magistrado atendeu ao pedido do advogado de Inaldo, Robério Capistrano, mas impôs que o servidor não pode se ausentar de Cabedelo ou João Pessoa sem autorização, além de evitar frequentar bares, restaurantes e casas de show.

Além de servidor público, Inaldo é sexto suplente de vereador e caso consiga provar sua inocência no esquema de corrupção implantado na gestão de Leto Viana em Cabedelo, pretende assumir a vaga na Câmara Municipal já que cinco vereadores foram presos também por implicações com a organização criminosa.

O juiz citou que Inaldo já foi interrogado e que a instrução do único processo que responde no âmbito da Xeque Mate está praticamente concluída, além dele não ter “considerável influência política e econômica”.

 

Juiz autoriza soltura de suplente de vereador preso na Operação Xeque-Mate

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.