José Rodrigues deixa o PHS e acusa autoritarismo do presidente estadual

O professor José Rodrigues, que foi candidato a prefeito de João Pessoa nas eleições municipais de 2008, juntamente com outros ex-candidatos a vereadores, entre eles os mais votados, estão se desfiliando do Partido Humanista da Solidariedade – PHS.  "Boa parte dos partidos políticos no Brasil funcionam como legendas de aluguel ou franquias partidárias, à moda fast food da MacDonald. É lamentável que um governo de esquerda no Brasil não tenha realizado ainda uma reforma partidária, visando moralizar a política partidária do país. O que está sendo proposto aí pelo Congresso Nacional são algumas mudanças eleitorais para as próximas eleições, novamente repletas de perversidades e sem nenhum preocupação com o balcão de negócios realizados pelos partidos políticos e a compra de votos", disse José Rodrigues ao comentar sua desfiliação.

Ele acrescentou que sua prioridade atualmente é participar de um programa de pesquisa na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, para onde viaja nos próximos dias. Lá, ele dever permanecer até o final do ano. "Mesmo assim, não vamos deixar de apoiar uma candidatura a governador nas eleições do próximo ano, desde que seja comprometida com as lutas populares", prometeu o professor.

O Presidente municipal recém-eleito, o empresário Antonio Eudson, que também está se desfiliando, afirmou que nunca imaginou que o atual Presidente estadual do PHS, Júlio Cézar Viana, fosse tão autoritário. Segundo Eudson, ele não aceitava as decisões da base partidária. Para Januário, o candidato a vereador do PHS mais votado em João Pessoa, nas eleições passadas, e ex-secretário geral municipal, a sua decepção com o PHS foi além do que esperava. Para Januário, o PHS não tem interesse em crescer. "Nossos nomes foram utilizados apenas para dar nome ao Partido, que precisa de uma boa imagem para a barganha de cada eleição que surge".

Outro que deixou a sigla foi o poeta Cabral Pessoa, membro da Academia Paraibana de Poesias.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.