José Maranhão tira licença por 15 dias e Luiz Sílvio Ramalho assume

O governador José Maranhão (PMDB) anunciou hoje que vai tirar uma licença do cargo por 15 dias. O afastamento começa amanhã, quando ele vai transmitir o cargo ao presidente do Tribunal de Justiça, Luiz Sílvio Ramalho Júnior, em solenidade a ser realizada às 10 horas. A licença é para que Maranhão se dedique integralmente à campanha.

O vice de Maranhão, Luciano Cartaxo, não pode assumir porque é candidato a deputado estadual. Da mesma forma, o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo (PSDB), fica impedido porque além de estar em campanha, está se recuperando de uma cirurgia de apendicite.

De acordo com a legislação eleitoral, o governador não pode atuar em atividades de campanha durante o horário do expediente. Ele está liberado após às 18 horas e também das 12h às 14h.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.