Jornalista Walter Galvão morre aos 64 anos em João Pessoa

O jornalista Walter Galvão morreu na madrugada desta quarta-feira, aos 64 anos. Galvão estava internado há mais de uma semana no Hospital da Unimed em tratamento contra um câncer. Ainda não foram divulgados o local do velório e o sepultamento.

Galvão atuou em vários jornais paraibanos, a exemplo de O Norte, Correio da Paraíba e A União.

Ele também ocupou ocupou diversos cargos na área pública. Atualmente Galvão ocupava a presidência da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rêgo (Funesc). Ele foi secretário de Comunicação da Prefeitura de Conde, na gestão de Márcia Lucena (PSB) e secretário de Educação e de Transparência na Prefeitura de João Pessoa, nas gestões de Ricardo Coutinho (PSB).

Natural de João Pessoa, ele deixa esposa, Jória Guerreiro, e uma filha, Clarice.

João Azevêdo lamenta morte 

O governador João Azevêdo lamentou hoje a morte do jornalista, radialista e escritor Walter Galvão, que atualmente na sua gestão ocupava a presidência da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc), desde junho de 2020.

“Walter Galvão teve uma longa trajetória na imprensa paraibana, desempenhando vários cargos com ética e competência profissional.  Nesse momento de perda, o governador João Azevêdo se solidariza com familiares, amigos e colegas do jornalista e expressa condolências”, disse em nota.

Em 2016 ele foi entrevistado pela jornalista Cláudia Carvalho, editorado ParlamentoPB, no programa Impressões, onde fala de sua paixão por João Pessoa, da sua atuação no jornalismo e outros assuntos. Confira a entrevista.

1 comentário

  • ANTONIO FERREIRA LIMA NETO
    10:14

    Lamentável notícia. Conheci Walter Galvão em algumas oportunidades e era um ser humano formidável, de fácil acesso e agradável conversa. Além de um texto maravilhoso, objetivo e de grande entendimento. Fará falta, não apenas ao jornalismo, mas ao convívio humano que, nestes tempos em que vivemos, é artigo de primeiríssima necessidade.
    Aos familiares e demais amigos e amigos de Galvão, minha SOLIDARIEDADE neste triste momento!!!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.