Joaquim Barbosa diz que só voltará “100% curado” ao STF

O ministro Joaquim Barbosa, do STF (Supremo Tribunal Federal), rebateu ontem críticas de que está ausente indevidamente do trabalho no tribunal.

"Meu problema de saúde está muito bem documentado há pelo menos dois anos no departamento médico do STF", disse à Folha.

Relator do processo do mensalão, Barbosa está licenciado do tribunal desde abril deste ano para tratar um problema nas costas.

Na sexta-feira, os ministros do STF debateram a necessidade de redistribuir os processos dos colegas ausentes por licença ou dos que se aposentaram. A referência no primeiro caso, implícita, foi à situação de Barbosa.

Perícia

Durante a semana, como informou o Painel, o presidente do Supremo, Cezar Peluso, chegou a dizer a colegas que estudava a possibilidade de pedir uma perícia a respeito do estado de saúde de Barbosa.

Ontem, em entrevista à Agência Estado, o ministro Marco Aurélio Mello, também do STF, defendeu "que se defina a situação".

"Volto quando estiver 100% curado. Não quero mais sacrificar minha saúde, como fiz nos últimos três anos", afirmou Barbosa.

 

Folha Online

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.