João Pessoa tem barreiras em vários pontos para reduzir circulação de pessoas e veículos

Começaram a valer nesta segunda-feira (1º) regras mais rígidas de deslocamento de pessoas dentro da capital paraibana e cidades da Região Metropolitana – Santa Rita, Cabedelo, Caaporã, Conde, Bayeux, Alhandra e Pitimbu -, que concentra 5.827 dos 12.011 casos confirmados da doença, até o momento, na Paraíba.

A meta é restringir a circulação de pessoas que não atuam em serviços essenciais e aumentar a fiscalização em estabelecimentos comerciais nas cidades envolvidas.

Em João Pessoa o trabalho teve início as 7h, com instalação de barreiras sanitárias em vários pontos da cidade e inclui a distribuição de máscaras de proteção. Também há fiscalização nos acessos de todos os municípios da Região Metropolitana.

Nos três primeiros dias as atividades serão de caráter educativo e acontecerão em 12 pontos da Capital para orientar a população sobre o cumprimento do decreto estadual, que foi assinado pelo prefeito Luciano Cartaxo e demais prefeitos da Região Metropolitana, com objetivo conter a propagação da Covid-19 através de medidas mais rígidas de isolamento social.

Só a partir da próxima quinta-feira (4), quando o decreto passa a valer, poderão ser aplicadas sanções em caso de descumprimento.

Em alguns trechos, como a Avenida Epitácio, a principal dos Bancários e no Alto do Mateus se formaram longas filas de veículos.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.