João Gonçalves admite que tucanos querem impedir urbanização do S. José

Em um momento de sinceridade desconcertante, o deputado estadual João Gonçalves (PSDB) admitiu hoje durante entrevista ao Tambaú Debate da Nova Tambaú FM que colegas de partido estariam por trás da mobilização contra a urbanização do Bairro de São José, assunto que ganhou as manchetes quando o prefeito da capital, Luciano Agra (PSB), comparou o comportamento de Cícero Lucena e Ruy Carneiro ao de alguns marginais que trabalham contra o projeto.

João, contudo, considera que o prefeito se equivocou ao fazer o comentário depreciativo contra o senador e o deputado federal, apesar de acreditar que os colegas incitam a população residente no São José a se posicionar contra a urbanização programada para acontecer em 2012.

– A comparação foi um equívoco. O prefeito estava debatendo a questão do transporte e ele estava falando sobre a marginal do Tietê… no momento ele falou de marginal, mas com a cabeça ligada à margem das vias… depois, ele nunca mais usou essa frase. Mas, todo mundo sabe que por trás desse movimento tem alguns políticos que estão querendo criar um clima de enfrentamento. Esses políticos têm bico e têm penas. São tucanos. Na plenária da Alice Carneiro, o prefeito voltou do percurso porque estava tudo orquestrado para enfrentar o prefeito. Eu sou a favor da urbanização. O bairro é de pessoas decentes. Vamos colocá-las em moradias decentes e resolver problemas pontuais. Anísio Maia disse que tudo seria demolido e nada construído. É mentira!

A respeito das eleições de 2012, João não escondeu seu apoio já declarado à reeleição de Luciano Agra e acrescentou que o partido deverá manter a candidatura de Cícero Lucena, mas respeitando a divergência dos que queiram seguir outro caminho, a exemplo do que se ocorreu em 2010, quando Cássio Cunha Lima apoiou Ricardo Coutinho e Cícero e o próprio João seguiram com José Maranhão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.