João Azevedo exonera Cláudia Veras e Edvaldo Rosas

Um dia depois da deflagração da sétima fase da Operação Calvário “Juízo Final”, o governador da Paraíba decidiu exonerar dois de seus auxiliares acusados pelo Ministério Público de envolvimento no esquema de desvio de verbas da Saúde e Educação através de organizações sociais. O Diário Oficial desta quarta-feira, 18, circula com os atos de exoneração da secretária executiva de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Cláudia Veras, cuja prisão foi decretada no dia de ontem pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida, bem como do secretário Chefe do Governo, Edvaldo Rosas (a pedido), cuja prisão foi pedida pelo MP, mas negada pelo judiciário.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.