João Azevêdo discute envio de insumos para vacinas com Embaixada da China

O governador João Azevêdo participou, nesta sexta-feira (5), por meio de videoconferência, de reunião do Fórum de Governadores do Brasil com representantes da Embaixada da China, ocasião em que discutiram um possível estabelecimento de cronograma de entrega do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) nos próximos meses para a produção de vacinas nos Institutos Butantan e Fiocruz, permitindo aos estados um melhor planejamento para a distribuição dos imunizastes.

Além dos governadores, participaram da reunião remota, o embaixador Yang Wanming; e os ministros conselheiros Qu Yuhui e Li Qi.

O chefe do Executivo estadual ressaltou a importância da celeridade da fabricação de vacinas para conter o avanço da doença. “Nós queremos imunizar a nossa população o mais rápido possível para reduzir o número de casos e, consequentemente, de internações e de óbitos. Nós temos trabalhado incansavelmente desde o início para salvarmos vidas e a chegada da vacina nos dá a esperança e a certeza de que venceremos essa luta contra o coronavírus e, assim, poderemos vivenciar o nosso novo normal”, pontuou.

O embaixador da China, Yang Wanming, destacou a disposição do país de manter a parceria com o Brasil no combate à pandemia do coronavírus. “A vacina é capaz de conter a pandemia e garantir a saúde de todos e fico feliz pela aprovação do uso emergencial da Coronavac. Essa cooperação entre os dois países traz esperança, confiança e benefícios para o povo brasileiro. Nós somos parceiros estratégicos e vamos ajudar o Brasil com toda nossa capacidade para vencermos a pandemia o mais rápido possível”, falou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.